sábado, junho 25, 2005

Hot Places para o Verão 2005 -II

Eslovénia...
... a revelação da nova Europa
.

Porquê: Liubliana é o ponto de partida para umas férias originais. Comparada com outras das capitais dos 10 países que aderiram o ano passado à União Europeia, Liubliana parece esquecida do grande público, mas, à semelhança de toda a Eslovénia, possui um imenso potencial turístico. Na verdade, reúne o melhor de várias cidades (e países) da Europa, com praças e pracetas onde se encontram cafés de charme ao estilo parisiense, esplanadas junto ao rio, tantas bicicletas como Amesterdão, uma rica arquitectura barroca com edifícios de tons pastel, um castelo medieval, uma ponte com um dragão e um ambiente sofisticado e simultaneamente relaxante. Não possui hotéis de design nem nenhum exemplo de grande arrojo arquitectónico, mas a cidade é jovem (os seus 50 mil estudantes, que representam 20% da população, são frequentadores habituais dos cafés e bares do bairro de Trnovo), muito animada e é a grande descoberta do ano.

A não perder: Uma visita ao Parque Nacional Triglav e ao Lago Bled, a norte da capital, um dos mais belos da Europa, com um cenário alpino e uma ilha com um castelo digno de contos de fadas; a região vinícola de Goriska Brda, um oásis de colinas mediterrânicas e uma espécie de paraíso gastronómico, na fronteira com Itália; e, porque estamos no Verão, também é obrigatório ir até Piran, cidade estilo veneziano na costa do Adriático, com bons restaurantes de marisco. Para quem tem tempo disponível, sugere-se mesmo um passeio por toda a costa do Adriático, com a possibilidade de descer até à Croácia.

Como ir: Não existem voos directos de Portugal para a Eslovénia. A Air France voa diariamente (excepto ao sábado) de Lisboa para Liubliana, via Paris, por tarifas desde €480 (taxas incluídas).

Onde ficar: Em Liubliana a escolha não é grande, além do Grand Hotel Union, um hotel de quarto estrelas de décor algo ultrapassado num edifício Art Nouveau datado de 1905, mesmo no centro; do Hotel Slon; e do Hotel Lev. No Lago Bled, o Grand Hotel Toplice (quartos a partir de €60 por pessoa) é um clássico, a par do Vila Bled, antiga residência de Tito.

Mais informações: www.slovenia-tourism.si

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial